top of page

Importância estratégica das saídas de emergência

As saídas de emergência são itens necessários em empreendimentos e locais de uso

comum. Não se trata de um detalhe ou um capricho, mas uma exigência legal necessária, sem a qual não é possível emitir alvará do corpo de bombeiros, por exemplo.


Embora sua importância pareça óbvia, as saídas de emergências, ao serem distribuídas estrategicamente, oferecem muito mais segurança aos transeuntes do local.


Na verdade, estas são um dos elementos mais importantes das estratégias de segurança de um local, possibilitando a evacuação do local e o acesso do corpo de bombeiros ao local em situações de perigo.


Uma porta principal designada pode ser usada como saída de emergência se atender a certos padrões de segurança, como a capacidade de ser facilmente aberta por dentro, por exemplo.


As saídas de emergência podem ser reservadas, ou seja, que só podem ser usadas em caso de emergência ou ainda a saída usual da edificação e até escadas projetadas na parte externa de um edifício, que oferecem outras possibilidades de evacuação.


As normas de segurança atuais exigem que os edifícios tenham um número específico de saídas de emergência, que irá variar dependendo do tamanho do edifício e altura, além do número potencial de indivíduos que podem precisar usar a saída. Outros locais de trabalho não relacionados a edifícios, como aviões, também são obrigados por lei a ter saídas de emergência.


As saídas de emergência devem ser indicadas por formas específicas de sinalização de emergência que indiquem a direção ou a presença de uma saída de emergência. As placas e todos os elementos de sinalização das portas de saída devem seguir os padrões estabelecidos pela Resolução Técnica nº 12 do Corpo de Bombeiros.


Para que as saídas de emergência permaneçam em conformidade com os padrões de segurança, é necessário ter um seguro protocolo de manutenção preventiva para garantir que continuem funcionando como uma saída e estejam desobstruídas por materiais que possam limitar o acesso ou representar um risco de tropeço.


Como as saídas de emergência devem fornecer acesso a uma área segura, se uma saída abrir para uma escada interna fechada, essa escada deve possuir iluminação de emergência para que susuários possam se mover por ela com segurança.


Como a saída de emergência tem a função de levar o usuário a uma área segura comumente muitas saídas de emergência possuem com portas corta-fogo com tempo de resistência ao fogo, para assim promover uma evacuação segura.


Como está a saída da sua edificação? Solicite uma avaliação nossa para adequar a sua edificação a legislação vigente.


Economize entrando em contato conosco agora mesmo.


6 visualizações0 comentário
bottom of page