top of page

Importância da sinalização de emergência


Investir em segurança é essencial para eliminar uma série de riscos e evitar acidentes. Garantir e preservar a vida das pessoas, porém, vai muito além de instalar extintores e realizar treinamentos. É preciso, também, apostar em rotas de fuga e, principalmente, na sinalização de emergência.

Apesar de fundamental, muitas vezes a instalação de placas, símbolos e refletores passa despercebida, aumentando os riscos naquele ambiente.

O que muitas pessoas esquecem é que é justamente a sinalização de emergência que garante a livre circulação das pessoas – moradores, funcionários, clientes, entre outros – de forma segura.

Além disso, elas indicam normas a serem seguidas e alertam a respeito da presença de perigos e riscos, bem como mostram rotas de fuga. Aliás, já imaginou uma porta contra incêndio sem identificação?


Tipos de sinalização de emergência


Proibição

Visa restringir ações capazes de conduzir ao início do incêndio ou ao seu agravamento.


Alerta

Visa alertar para áreas e materiais com potencial de risco de incêndio, explosão, choques elétricos e contaminação por produtos perigosos.


Sinalização de Orientação e Salvamento

Entre os principais tipos e modelos utilizados de sinalização de emergência, podemos destacar a sinalização de orientação e salvamento. Essa é uma das sinalizações mais importantes para garantir a segurança em estabelecimentos comerciais e residenciais. Isso porque ela é responsável por indicar a direção da saída mais próxima, facilitando o trânsito das pessoas em caso de incêndio ou qualquer outra emergência.

Simples e fácil de ser encontrada, ela basicamente consiste na representação do sentido a ser seguido ou informações relevantes referente a saída da edificação. As placas, de fácil compreensão, são uteis e devem ser instaladas em toda a rota de fuga para auxiliar em momentos de pânico.

É importante que as rotas de saída de emergência estejam devidamente identificadas,isso garante que as pessoas encontrem mais facilmente o local para escoar a edificação.


Equipamentos

Visa indicar a localização e os tipos de equipamentos de combate a incêndios e alarme disponíveis no local.


Sinalização complementar

É o conjunto de sinalização composta por símbolos, mensagens e cores complementares à sinalização básica, porém, das quais a sinalização básica não é dependente.


Com o avanço da tecnologia, as placas e sinalizações de emergência evoluíram. Atualmente, grande parte dos modelos disponíveis no mercado são desenvolvidos para emitir algum brilho em ambientes totalmente sem iluminação. As placas são fotoluminescentes.

A ideia é que elas se “acendam” para permitir a leitura de avisos e símbolos, orientando as pessoas. Isso garante que os equipamentos e as rotas de fuga em situações emergenciais sejam facilmente encontrados.


Como deve ser disposta a sinalização de emergência:


Como o próprio nome sugere, a sinalização de emergência é fundamental para garantir a segurança das pessoas em casos de incidentes.No entanto, para que sua ação seja eficaz, deve ser instalada conforme a planta do Corpo de Bombeiros e seguir as dimensões conforme orienta a legislação vigente.

As placas que indicam a rota de fuga, por exemplo, devem ser colocadas em posições de alta visibilidade, de modo a permitir a comunicação imediata e clara. Já aquelas que indicam equipamentos de combate a incêndio, devem ser colocadas próximas a extintores, hidrantes, etc.


Agora que você já sabe a importância da sinalização de emergência, que tal aproveitar para transformar a sua edificação em um local cada vez mais seguro para moradores e/ou clientes?


Estamos disponíveis para atender você. Entre em contato conosco agora mesmo!







14 visualizações0 comentário
bottom of page