top of page

Síndico: fundamental para o bom andamento da gestão de condomínios

No próximo dia 30 de novembro comemoramos o Dia do Síndico. A função do síndico é de suma importância para que o condomínio funcione harmonicamente. Essa figura é responsável por zelar pelos interesses dos moradores e/ou condôminos, respeitando as normas estabelecidas pela convenção do prédio. Além disso, cabe a ele cuidar da conservação e manutenção das áreas comuns, sempre observando a legislação que rege e regulamenta a vida condominial.



Para lograr êxito no desempenho da função, o síndico deve estar atento ao que segue: observar a estrutura física do edifício, sendo feitas inspeções, ainda que de forma simples; observação das regras de manutenção periódica; priorização dos interesses da coletividade e conferir sempre a maior publicidade possível às decisões; zelo e respeito ao regimento interno e a convenção; atuando sempre com equilíbrio e cordialidade, nunca deixando um condômino sem resposta sobre suas indagações, ainda que seus questionamentos estejam em desacordo com as normas estabelecidas para determinada comunidade.


Nos dias de hoje, também é fundamental que o síndico tome cuidado com as redes sociais, de maneira a não fazer comentários ou postagens que exponham indevidamente condôminos. A vida em condomínio, deve ser administrada de forma responsável e formal. É certo que eventuais negligências e comportamentos inadequados acarretarão prejuízos não só à figura do síndico, mas para todos os demais condôminos.


É nesse contexto e conjunto de atribuições que, cada vez mais, ganha espaço a busca por síndicos profissionais. Por sua vez, muitas pessoas refutam a contratação de profissionais da área uma vez que haveria um maior distanciamento dos problemas e da realidade do cotidiano do condomínio. Cabe aos condôminos a decisão. Mas, seja ela qual for, é fundamental que haja uma gestão responsável.


O síndico é um administrador dos interesses comuns e sua função é vital para o bom e correto andamento da vida em comunidade. Uma gestão séria, compartilhada, pública e responsável é, sem dúvidas, o melhor caminho para um convívio mais harmonioso




12 visualizações0 comentário
bottom of page